English below

Gustavo Aragoni (Osasco-SP) é artista visual e mestrando em Estética e História da Arte pela Universidade de São Paulo (PGEHA-USP). Integra o Grupo de Pesquisa Nébula CNPQ da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo na mesma instituição (FAU-USP), coordenado pelo Prof. Dr. Arthur H. Lara. Seus trabalhos exploram a linguagem do desenho, instalação e performance, transitando também pela fotografia e escultura. Corpo, tempo, espaço e arquitetura - são algumas das questões acerca de sua produção, bem como do objeto de sua pesquisa. Em 2013, estuda pintura com Dudi Maia Rosa e ilustração com Fernando Vilela. Ingressa no curso de Desenho de Animação do Centro Universitário Belas-Artes, em 2014. Nos anos seguintes, frequenta o ateliê de José P. Latorre (2015 - 2017) e participa do Hermes Artes Visuais, grupo de acompanhamento de projetos coordenado pelo(a)s artistas Carla Chaim, Marcelo Amorim e Nino Cais (2018 – 2020). Apresenta seus trabalhos em exposições individuais, coletivas, salões e bienais de arte, dentre elas: Cartografias da Impermanência, no Rio de Janeiro (2022);  4ª Bienal del Sur, na Venezuela (2021), 8ª Arte Londrina, no Paraná (2020), 44º SARP em Ribeirão Preto (2019) e 26º SLAC, em Limeira (2018).

 

Em 2019, recebe prêmio aquisição no 47º Salão de Arte Contemporânea Luiz Sacilotto e no 18º Salão Nacional de Arte de Jataí. No mesmo ano, participa da residência Wild Body, Enchantment & Coexistence no Kaaysá Art Residency e realiza sua primeira implantação, como parte do Projeto Ocupação do Hermes Artes Visuais.  Atualmente, frequenta a oficina Antiformas de Intervenção da EAV Parque Laje - RJ, coordenada pelo artista David Cury. Seus trabalhos integram coleções públicas e particulares, incluindo Fundação Bienal de Cerveira-PT, MAC de Jataí-GO e Paço Municipal de Santo André-SP.

 Gustavo Aragoni (Osasco-SP) is a visual artist and a master's student in Aesthetics and Art History at the University of São Paulo (PGEHA-USP). He is a member of the research group Nébula CNPQ of the Faculty of Architecture and Urbanism at the same institution (FAU-USP), coordinated by Prof. Dr. Arthur H. Lara. His work explores the language of drawing, installation and performance, as well as photography and sculpture. Body, time, space and architecture - those are some of the questions about his production, as well as the object of his research. In 2013, studies painting with Dudi Maia Rosa and illustration with Fernando Vilela. He enters the Animation Drawing course at Centro Universitário Belas-Artes- SP, in 2014. In the following years, attends the studio of José Paulo Latorre (2015 - 2017) and participates in Hermes Artes Visuais, a project monitoring group coordinated by the artists Carla Chaim, Marcelo Amorim and Nino Cais (2018 – 2020). He presents his work in individual and collective exhibitions, salons and art biennials, among them: Cartographies of Impermanence, in Rio de Janeiro (2022); 4th Bienal del Sur, in Venezuela (2021), 8th Art Londrina, in Paraná (2020), 44th SARP in Ribeirão Preto (2019) and 26th SLAC, in Limeira (2018). In 2019, receives the acquisition award at the 47th Salão de Arte Contemporânea Luiz Sacilotto and at the 18th Salão National Art of Jataí. In the same year, he participates in the Wild Body, Enchantment & Coexistence at Kaaysá Art Residency and carries out his first implementation, as part of the Occupation Project of Hermes Visual Arts. He currently attends the Anti-Forms of Intervention workshop at EAV Parque Laje - RJ, coordinated by artist David Cury. His work is part of public and private collections, including Fundação Bienal de Cerveira-PT, MAC de Jataí-GO and Paço Municipal de Santo André-SP.